“Para ter mulheres portuguesas assoreadas”

Adoro esta gíria que significa literalmente "ter os ouvidos tapados" e, portanto, "ser surdo".

Eu sempre simpatizo com os estrangeiros pobres

- ou para os franceses que ignoram as gírias!

- quem realmente deve estar se perguntando o que uma fórmula tão estranha pode significar.

E, de facto, se olharmos de perto a questão, a expressão “ter os portugueses assoreados” corresponde ao apogeu das chamadas ostras portuguesas em França, nos anos 1950.

É assim que os usos associam este bivalve ao ouvido de quem ouve mal. A analogia da forma é bastante notável, deve-se admitir, com a chamada ostra portuguesa.

Quanto ao assoreamento, se aceitarmos definitivamente que uma ostra nasce e cresce junto ao mar, entendemos que pode conter areia ...