Ovos, ostras, caracóis, porque os vendemos por 12?

Quando você compra suas ostras, especialidades de Setúbal, é claro.

Você pode obtê-los por quilo ou por dúzia, o que às vezes equivale à mesma coisa.

Este hábito de contar por 12 já vem de longa data.

Para ser mais preciso, à Idade Média. Voltemos aos tempos do claro-escuro, em que castigávamos à toa, mas também tínhamos a elegância de preparar ostras em caldeirada. Pelo menos em Paris.

Naquela época, as unidades de medida usavam a base 12.

Um comprimento, por exemplo, foi medido em pés de 12 polegadas e a variação foi contada em sóis a 12 denier.

Quanto ao trabalho de Hércules e às pancadas do meio-dia, já estavam aos 12 anos.

Houve uma razão puramente prática por trás dessa escolha:

- Observe sua mão, qualquer mão, o lado da palma.

- Comece a contar os nós dos dedos com o polegar.

- Teoricamente, se todos os seus dedos estiverem no lugar, você deve chegar a 12.

É assim que costumava ser.

Era conveniente e também permitia que você manipulasse objetos com a outra mão.

Além disso, 12 é um número divisível por 6, 4, 3 e 2, o que torna os cálculos mais fáceis.

Hoje, a base decimal substituiu a base 12,

mas ainda existem alguns produtos às dezenas, como ostras ou ovos.

Tradições ancestrais que ainda influenciam nosso dia a dia!

Adoro o conceito!